Eliane pede que Palocci entregue os bancos da Lava Jato

"Ainda há muito o que contar sobre Lula e os governos petistas, mas o grande terreno a ser desbravado não é do lado corrupto, mas do lado corruptor. O que se sabe do sistema financeiro na Lava Jato?", questiona a colunista, destacando que Palocci é "considerado hoje o futuro delator com potencial mais explosivo"

"Ainda há muito o que contar sobre Lula e os governos petistas, mas o grande terreno a ser desbravado não é do lado corrupto, mas do lado corruptor. O que se sabe do sistema financeiro na Lava Jato?", questiona a colunista, destacando que Palocci é "considerado hoje o futuro delator com potencial mais explosivo"
"Ainda há muito o que contar sobre Lula e os governos petistas, mas o grande terreno a ser desbravado não é do lado corrupto, mas do lado corruptor. O que se sabe do sistema financeiro na Lava Jato?", questiona a colunista, destacando que Palocci é "considerado hoje o futuro delator com potencial mais explosivo" (Foto: Gisele Federicce)

247 – Após definir o ex-ministro Antonio Palocci como "considerado hoje o futuro delator com potencial mais explosivo" e "bola da vez", a jornalista Eliane Cantanhêde pede, em sua coluna nesta sexta, que ele entregue os bancos que possam estar envolvidos na Operação Lava Jato.

"Ainda há muito o que contar sobre Lula e os governos petistas, mas o grande terreno a ser desbravado não é do lado corrupto, mas do lado corruptor. O que se sabe do sistema financeiro na Lava Jato?", questiona a colunista.

Ela lembra também que Palocci teve múltiplas funções quando integrava o governo Lula, e depois Dilma Rousseff, antes de cair dos dois. "Palocci tinha múltiplas personalidades: era ministro da Fazenda e ditava a política econômica, mas ao mesmo tempo lobista da Odebrecht, operador financeiro do PT e gerente da conta de Lula naquele banco da empreiteira chamado de Setor de Operações Estruturadas. Era três em um, ou melhor, quatro, cinco ou seis em um".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247