Eliane: rebeldia não reverte apoio a Dilma

Colunista cita derrotas do governo na Câmara pelo ‘Blocão’ dos independentes, liderado por Eduardo Cunha (PMDB), mas diz que a rebeldia parece hoje insuficiente para reverter o apoio ao PT na convenção de junho do PMDB

Colunista cita derrotas do governo na Câmara pelo ‘Blocão’ dos independentes, liderado por Eduardo Cunha (PMDB), mas diz que a rebeldia parece hoje insuficiente para reverter o apoio ao PT na convenção de junho do PMDB
Colunista cita derrotas do governo na Câmara pelo ‘Blocão’ dos independentes, liderado por Eduardo Cunha (PMDB), mas diz que a rebeldia parece hoje insuficiente para reverter o apoio ao PT na convenção de junho do PMDB (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A colunista Eliane Cantanhêde ironiza a presidente Dilma Rousseff por ter dito que o PMDB so lhe dá alegrias.

Ela cita duas derrotas do governo em votações na Câmara, com a formação do 'blocão dos independentes': a primeira foi uma comissão para acompanhar investigações sobre propinas na Petrobras; e a outra foi a convocação para dez ministros e a presidente da Petrobras falarem no Congresso.

No entanto, Eliane diz que a rebeldia da Câmara parece hoje insuficiente para reverter o apoio a Dilma na convenção de junho do PMDB (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email