Em cartaz, “predadores da liberdade de informação”

Definição é da ONG Repórteres sem Fronteiras, que criou uma campanha com alguns líderes mundiais considerados, pela organização, como violadores da liberdade da mídia; cartazes mostram políticos fazendo gestos obscenos

Em cartaz, “predadores da liberdade de informação”
Em cartaz, “predadores da liberdade de informação”

247 – "Poderosos, perigosos e violentos, esses predadores se consideram acima da lei". É o que diz uma nova campanha da ONG Repórteres sem Fronteiras, que usa imagens de poderosos líderes considerados pela organização como violadores da imprensa.

Nos cartazes, políticos como os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, da China, Xi Jinpingong, da Coréia do Norte, Kim Jong-un, da Síria, Bashar al-Assad, e do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, aparecem fazendo gestos obscenos, como mostrando o dedo do meio e o sinal de "banana".

Os nomes foram selecionados de uma lista de 39 que, na avaliação da ONG, são os "predadores da liberdade de informação". Mais cinco nomes entraram para a listagem e outros cinco deixaram o grupo neste ano.


Presidente da Rússia, Vladimir Putin


Presidente da China, Xi Jinpingong


Ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un


Presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad


Ditador da Síria, Bashar al-Assad

Fotos: Reuters

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247