Em crise, Civitas se livram da Abril Educação

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus Participações, sociedade detida por fundos de investimentos geridos pela Tarpon Investimentos. O aval do Cade à operação foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (12); passando por uma crise financeira sem precedentes, o grupo Abril já havia entregue no iníco do ano parte do prédio que ocupava na Marginal Pinheiros para a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, que é dona do empreendimento, além de promover diversos cortes na área editorial; negócio é avaliado em R$ 1,3 bilhão

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus Participações, sociedade detida por fundos de investimentos geridos pela Tarpon Investimentos. O aval do Cade à operação foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (12); passando por uma crise financeira sem precedentes, o grupo Abril já havia entregue no iníco do ano parte do prédio que ocupava na Marginal Pinheiros para a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, que é dona do empreendimento, além de promover diversos cortes na área editorial; negócio é avaliado em R$ 1,3 bilhão
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus Participações, sociedade detida por fundos de investimentos geridos pela Tarpon Investimentos. O aval do Cade à operação foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (12); passando por uma crise financeira sem precedentes, o grupo Abril já havia entregue no iníco do ano parte do prédio que ocupava na Marginal Pinheiros para a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, que é dona do empreendimento, além de promover diversos cortes na área editorial; negócio é avaliado em R$ 1,3 bilhão (Foto: Paulo Emílio)

247 com agências - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus Participações, sociedade detida por fundos de investimentos geridos pela Tarpon Investimentos. O aval do Cade à operação foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (12). Passando por uma crise financeira sem precedentes, o grupo Abril já havia entregue no iníco do ano parte do prédio que ocupava na Marginal Pinheiros para a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, que é dona do empreendimento, além de promover diversos cortes na área editorial.

A aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus foi anunciada no início de fevereiro. A operação consiste na compra pela Thunnus de mais 20,73 por cento do capital social da Abril Educação, adquirindo a totalidade dos papéis de emissão da companhia detidos pelo Bloco Abrilpar e ampliando sua participação da companhia para mais de 40 por cento.

O acordo se soma a negócio anterior da Tarpon com o Bloco Abrilpar para adquirir ações da Abril Educação, perfazendo um valor total de R$ 1,31 bilhão.

A venda dos negócios na área educacional – tida como a principal fonte de sustentação das revistas do grupo - é visto como mais um passo no processo de enxugamento que vem sendo implementado desde a morte do empresário Roberto Civita, em maio de 2013.
Desde então a empresa fechou diversas revistas, vendeu as frequências da MTV, além de transferir dez títulos para a Editora Caras.

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247