'Estadão' critica militância bolsonarista nas redes sociais

Em editorial, o jornal O Estado de S.Paulo critica a militância bolsonarista que atua nas redes sociais para hostilizar o que chama de "velha política". O jornal adverte Bolsonaro, que "atiça" essa militância. Tal atitude, de acordo como editorial, "prejudica os esforços de entendimento feitos para obter apoio no Congresso"

'Estadão' critica militância bolsonarista nas redes sociais
'Estadão' critica militância bolsonarista nas redes sociais (Foto: Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em editorial, o jornal O Estado de S.Paulo critica a militância bolsonarista que atua nas redes sociais para hostilizar o que chama de "velha política". O jornal adverte Bolsonaro, que "atiça" essa militância. Tal atitude, de acordo como editorial, "prejudica os esforços de entendimento feitos para obter apoio no Congresso".

Para reforçar sua argumentação, O Estado de S.Paulo se apoia nos dados de uma pesquisa da Diretoria de Análises de Políticas Públicas da FGV do Rio de Janeiro. "Segundo o seu coordenador, Marco Aurélio Ruediger, pela primeira vez desde setembro percebeu-se nas redes uma fissura do campo da centro-direita. 'Qualquer negociação é vista como algo nocivo, quando deveria ser o contrário', disse Ruediger".

O especialista comparou essa militância a uma matilha: "Quando as matilhas nas redes atacam determinados personagens que são chave nos processos políticos, isso bloqueia a possibilidade de sucesso da própria pauta que o governo propõe."

Para O Estado de S.Paulo, o episódio "paradigmático" disse foi "o entrevero entre o presidente da República e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em fins de março".

Leia a íntegra

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247