Fábio Assunção condena política de Dória na Cracolândia

Capa da atual edição da revista Trip, o ator Fábio Assunção condenou as operações policiais realizadas em maio de 2017, no centro de São Paulo, durante a gestão de João Doria (PSDB) à frente da prefeitura de São Paulo. "O que o Doria fez na cracolândia foi uma violação de direitos humanos flagrante, uma coisa absurda", repudiou o ator

Fábio Assunção condena política de Dória na Cracolândia
Fábio Assunção condena política de Dória na Cracolândia

Capa da atual edição da revista Trip, o ator Fábio Assunção condenou as operações policiais realizadas em maio de 2017, no centro de São Paulo, durante a gestão de João Doria (PSDB) à frente da prefeitura de São Paulo. "O que o Doria fez na cracolândia foi uma violação de direitos humanos flagrante, uma coisa absurda", repudiou o ator.

Antes da ação desastrosa do então prefeito, o ator Fábio Assunção, já preocupado com as políticas adotadas por João Doria na região, chegou a articular com movimentos sociais que atuam na cracolândia um grupo de trabalho para levar a discussão ao ex-prefeito. "Se a gente só polarizar com ele, não vamos conseguir nada", falou à colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, em janeiro de 2017.

Atualmente, o ator é filiado ao Partido dos Trabalhadores a convite do ex-presidente Lula, que o chamou para formar uma comissão para discutir política de drogas. "Era muito importante conversar sobre isso com as famílias brasileiras", disse Lula à Fábio Assunção.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247