Feliciano: “onde estão Eurípides e Joice Hasselmann?”

Chamados de "a voz do povo" pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) hoje na comissão do impeachment, os jornalistas Eurípides Alcântara e Joice Hasselmann, ex-Veja, foram convocados por ele para defender o impeachment; além de lamentar a ausência da dupla, Feliciano ainda criticou editorial do atual editor da revista, André Petry, que previu a derrota do golpe neste fim de semana

Chamados de "a voz do povo" pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) hoje na comissão do impeachment, os jornalistas Eurípides Alcântara e Joice Hasselmann, ex-Veja, foram convocados por ele para defender o impeachment; além de lamentar a ausência da dupla, Feliciano ainda criticou editorial do atual editor da revista, André Petry, que previu a derrota do golpe neste fim de semana
Chamados de "a voz do povo" pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) hoje na comissão do impeachment, os jornalistas Eurípides Alcântara e Joice Hasselmann, ex-Veja, foram convocados por ele para defender o impeachment; além de lamentar a ausência da dupla, Feliciano ainda criticou editorial do atual editor da revista, André Petry, que previu a derrota do golpe neste fim de semana (Foto: Gisele Federicce)

247 – O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) lamentou nesta segunda-feira 11 a ausência dos jornalistas da revista Veja Eurípides Alcântara e Joyce Hasselmann, segundo ele, "voz do povo" no movimento pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Ele criticou também o editorial publicado neste fim de semana pela Veja, agora comandada pelo jornalista André Petry, que admite a derrota do golpe (leia mais).

Por conta do editorial, o deputado disse que a revista é "imparcial" e rebateu críticas que haviam sido feitas pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, na comissão.

Demitida no início de novembro de 2015 da Veja, Joice Hasselmann culpou o ex-presidente Lula por sua saída (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247