Felipe Neto se propõe a ser garoto-propaganda gratuito da Natura, após boicote de Silas Malafaia

"Conforme prometido em 2017, torno-me neste momento garoto propaganda da Natura, de graça, caso a marca queira me receber", afirmou o youtuber Felipe Neto, após o pastor-empresário Silas Malafaia pedir boicote à empresa

Felipe Neto e Silas Malafaia
Felipe Neto e Silas Malafaia (Foto: Reprodução | Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O youtuber Felipe Neto se propôs a ser garoto-propaganda da Natura gratuitamente, depois que o pastor-empresário Silas Malafaia pedir à empresa por causa de uma campanha publicitária do Dias dos Pais com Thammy Miranda, homem transexual - filho de Gretchen.

"Conforme prometido em 2017, torno-me neste momento garoto propaganda da Natura, de graça, caso a marca queira me receber. Se não quiser, por favor, entrem em contato. Colocarei inserção publicitária em alguns vídeos informando como comprar produtos Natura e incentivando a marca", escreveu o youtuber no Twitter.

Depois de pedir boicote à natura, Malafaia defendeu uma campanha do concorrente Boticário "só [com] homens caracterizados como macho (sic)"


A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247