Fernando Brito: Bolsonaro começa a armar suas milícias

Jornalista Fernando Brito aponta a finalidade principal do decreto assinado por Jair Bolsonaro nessa terça-feira (7): facilitar a compra de armas pelas milícias; ao ampliar o número de profissões autorizadas a adquirir e portar armas, como caminhoneiros, residentes de áreas rurais, advogados e até jornalistas, Bolsonaro prenuncia uma era de terror no Brasil, praticamente sem reação; "Sem lei, contra a lei, sem lógica, contra a lógica. Contra a vida humana. Bolsonaro começa a armar a sua milícia, nas barbas de todos", diz o editor do Tijolaço

Fernando Brito: Bolsonaro começa a armar suas milícias
Fernando Brito: Bolsonaro começa a armar suas milícias

Por Fernando Brito, do Tijolaço - No jornal O Globo, a nua e crua realidade do que foi assinado ontem por Jair Bolsonaro: são mais 1 milhão de pessoas autorizadas a carregar armas nas ruas e estradas do país.

Criou-se até a figura do “trabuco privilegiado”, para deputados, senadores e até vereadores poderem carregar seus “argumentos” na cintura. Como o Brasil tem 5.570 municípios, calcule aí quantas dezenas de milhares…

Só de caminhoneiros são pelo menos 500 mil.

Se amanhã a polícia for desmontar um bloqueio de estrada, prepare-se para levar bala.

Mais os residentes em áreas rural, advogados, conselheiros tutelares…

Assim, sem lei, contra a lei, sem lógica, contra a lógica.

Contra a vida humana.

Bolsonaro começa a armar a sua milícia, nas barbas de todos.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247