Florestan diz que edição de Moro pode lembrar a do debate Lula-Collor

"Moro proíbe advogados de gravarem depoimento de Lula. Vale apenas as imagens escolhidas a dedo e vazadas seletivamente para a imprensa. Se o próprio réu não tem objeção a isso, por que o juiz Moro teria? Todo esse imbróglio faz lembrar da edição televisiva do segundo debate Collor e Lula", diz o jornalista Florestan Fernandes Júnior, ao comentar a edição unilateral que será feita do depoimento de Lula, nesta quarta-feira

Protesters, social movements and activists of the Workers Party, do protest against the impeachment of the President of Brazil Dilma Rousseff in the city center of São Paulo. April 17, 2016.
Protesters, social movements and activists of the Workers Party, do protest against the impeachment of the President of Brazil Dilma Rousseff in the city center of São Paulo. April 17, 2016. (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Florestan Fernandes Júnior, em seu Facebook

Show da Vida.

Moro proíbe advogados de gravarem depoimento de Lula. Vale apenas as imagens escolhidas a dedo e vazadas seletivamente para a imprensa.

Já que a defesa quer tornar público o depoimento, melhor seria liberar a gravação feita pela justiça na integra.

Não fazer isso e vazar trechos de forma seletiva pareceria no mínimo suspeito. O Brasil inteiro quer saber as explicações que Lula dará a respeito das acusações feitas pela Lava Jato nos últimos 2 anos.

Se o próprio réu não tem objeção a isso, por que o juiz Moro teria? Todo esse imbróglio faz lembrar da edição televisiva do segundo debate Collor e Lula.

Será que veremos esse filme novamente? É aguardar os telejornais de quarta-feira à noite.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247