Florestan Fernandes Jr: só em republiqueta plagiador é indicado ao Supremo

Jornalista Florestan Fernandes Júnior criticou nesta sexta-feira, 17, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, por ter sido indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por Michel Temer; "Como um escritor que plagiou trechos inteiros de outro autor e publicou o 'crime' intelectual tem condições de ser Ministro da Suprema Corte de um país? Só mesmo em republiquetas de quinta. Infelizmente o Brasil voltou a frequentar esse seleto grupo", criticou Fernandes em sua página no Facebook

Jornalista Florestan Fernandes Júnior criticou nesta sexta-feira, 17, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, por ter sido indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por Michel Temer; "Como um escritor que plagiou trechos inteiros de outro autor e publicou o 'crime' intelectual tem condições de ser Ministro da Suprema Corte de um país? Só mesmo em republiquetas de quinta. Infelizmente o Brasil voltou a frequentar esse seleto grupo", criticou Fernandes em sua página no Facebook
Jornalista Florestan Fernandes Júnior criticou nesta sexta-feira, 17, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, por ter sido indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por Michel Temer; "Como um escritor que plagiou trechos inteiros de outro autor e publicou o 'crime' intelectual tem condições de ser Ministro da Suprema Corte de um país? Só mesmo em republiquetas de quinta. Infelizmente o Brasil voltou a frequentar esse seleto grupo", criticou Fernandes em sua página no Facebook (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Florestan Fernandes Júnior criticou nesta sexta-feira, 17, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, por ter sido indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por Michel Temer. 

"Como um escritor que plagiou trechos inteiros de outro autor e publicou o 'crime' intelectual tem condições de ser Ministro da Suprema Corte de um país? Só mesmo em republiquetas de quinta. Infelizmente o Brasil voltou a frequentar esse seleto grupo", criticou Fernandes em sua página no Facebook. 

"A falta de ética de Alexandre de Moraes que plagiou o jurista espanhol Francisco Rubio Liorente, chocou o mundo acadêmico. Para combater esse tipo de pirataria autoral, a Usp acaba de abrir plataforma para facilitar o reconhecimento de plágio entre textos produzidos em diversos idiomas. Uma bela medida para colocar na linha os 'espertalhões' e evitar o constrangimento dos intelectuais sérios da universidade paulista", acrescentou. 

Confira: 

 

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247