Folha: Bolsonaro humilha generais e vai destruir emprego e renda

Depois de apoiar o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff e a prisão sem provas de Lula, a Folha agora descobre que o resultado do caos institucional – Jair Bolsonaro – é uma fábrica de crises, que vai destruir a renda e os empregos do povo brasileiro; no editorial, a Folha também destaca o fato de Bolsonaro humilhar os generais brasileiros

www.brasil247.com - Folha: Bolsonaro humilha generais e vai destruir emprego e renda
Folha: Bolsonaro humilha generais e vai destruir emprego e renda (Foto: Marcos Corrêa/PR)


247 – Jair Bolsonaro é uma fábrica de crises, que humilha os generais brasileiros e irá destruir a renda e os empregos do povo brasileiro, aponta a Folha de S. Paulo em editorial. "De um copo d'água, Jair Bolsonaro conseguiu fazer outra tempestade. Inimigos do Congresso, do Supremo e dos corpos regulares do Estado, os celerados do Twitter esfregam as mãos. Com a ajuda do presidente, expuseram oficiais das Forças Armadas, dentro e fora do governo, à humilhação", diz o texto.

"A saída do governo de quadros como Santos Cruz significaria um triunfo para esse nicho autoritário. A sua permanência, no entanto, torna-se cada vez mais custosa, dada a doçura que o chefe de Estado dispensa aos arruaceiros que orquestram a difamação dos oficiais. Tudo isso reforça a percepção geral de bagunça e falta de rumo no governo federal. O Brasil não retomará o crescimento nesse ambiente. Arrisca-se, pelo contrário, a enveredar por uma nova espiral de destruição de renda e empregos."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email