Folha diz que Brasil vacina "apesar do criminoso" Bolsonaro

Em editorial, a Folha de S.Paulo afirma que, nesta pandemia, os brasileiros já assistiram "pela TV a uma refutação completa da irresponsabilidade criminosa protagonizada" por Jair Bolsonaro. "Que a decisão acachapante da Anvisa tenha sido o primeiro passo para sua derrota", diz o jornal em referência à aprovação para o uso emergencial de duas vacinas no Brasil

Bolsonaro, vacina contra Covid-19 e pessoas andando na rua de máscara
Bolsonaro, vacina contra Covid-19 e pessoas andando na rua de máscara (Foto: PR | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em editorial publicado nesta segunda-feira (18), a Folha de S.Paulo afirma que a aprovação unânime pela Anvisa de duas vacinas contra a Covid-19 - Oxford/AstraZeneca e da chinesa Sinovac (CoronaVac) - "encerra um atraso injustificável e explicita como deveria funcionar o Estado brasileiro, não prevalecesse no Planalto o delírio ideológico patrocinado pelo presidente Jair Bolsonaro". 

De acordo com o jornal, nesta pandemia os brasileiros já assistiram "pela TV a uma refutação completa da irresponsabilidade criminosa protagonizada pelo presidente, por seus filhos e por parlamentares de baixa extração".

"Viram-se votos firmes de solidariedade às vítimas da incúria do Estado na tragédia em Manaus e alhures, afirmações sem subterfúgios da inexistência de alternativas terapêuticas, repúdio decidido à negação da ciência, recomendação inequívoca de que o distanciamento social continua imperativo", continua.

"Neste momento de escalada preocupante da Covid, o mais necessário é Bolsonaro, em seu próprio interesse político, sair do caminho e permitir que os setores qualificados do Estado façam seu trabalho. O presidente e seu ministro, hoje, são os maiores inimigos da saúde pública. Que a decisão acachapante da Anvisa tenha sido o primeiro passo para sua derrota".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email