FT: Impeachment poderá jogar o Brasil no caos

Jornal inglês diz que resultado da votação do impeachment neste domingo no Brasil pode representar o início de novos problemas para o país, podendo gerar instabilidade ainda maior que a atual ou até mesmo "jogar o país no caos"; reportagem ressalta que caso o vice-presidente Michel Temer assuma a Presidência da República, deverá enfrentar uma oposição ferrenha por parte do PT e de outras legendas de esquerda que consideram o impeachment como uma espécie de golpe, levando o Brasil a adentrar "em território desconhecido"

Jornal inglês diz que resultado da votação do impeachment neste domingo no Brasil pode representar o início de novos problemas para o país, podendo gerar instabilidade ainda maior que a atual ou até mesmo "jogar o país no caos"; reportagem ressalta que caso o vice-presidente Michel Temer assuma a Presidência da República, deverá enfrentar uma oposição ferrenha por parte do PT e de outras legendas de esquerda que consideram o impeachment como uma espécie de golpe, levando o Brasil a adentrar "em território desconhecido"
Jornal inglês diz que resultado da votação do impeachment neste domingo no Brasil pode representar o início de novos problemas para o país, podendo gerar instabilidade ainda maior que a atual ou até mesmo "jogar o país no caos"; reportagem ressalta que caso o vice-presidente Michel Temer assuma a Presidência da República, deverá enfrentar uma oposição ferrenha por parte do PT e de outras legendas de esquerda que consideram o impeachment como uma espécie de golpe, levando o Brasil a adentrar "em território desconhecido" (Foto: Paulo Emílio)

247 - Matéria assinada pelo correspondente Joe Leahy do jornal inglês Financial Times diz que o resultado da votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff pela Câmara dos Deputados neste domingo pode representar o início de novos problemas para o Brasil.

O texto destaca que o processo de impeachment é um "julgamento político", apesar de destacaras pedaladas fiscais que embasaram o pedido de afastamento. Para o jornal, o impeachment pode gerar instabilidade ainda maior que a atual ou até mesmo "jogar o país no caos".

A matéria destaca, ainda, que o vice-presidente Michel Temer (PMDB), que assumirá a Presidência caso Dilma venha a ser afastada pelo Congresso, também corre o risco de perder o mandato em decorrência do processo sobre o financiamento eleitoral da campanha de 2014, que reelegeu a chapa Dilma/Temer para o mandato atual. Segundo o FT, Temer também é considerado mais "amigável" ao mercado financeiro.

O jornal britânico, porém, ressalta que, caso o peemedebista assuma a chefia do Executivo Federal, deverá enfrentar uma oposição ferrenha por parte do PT e de outras legendas de esquerda que consideram o impeachment como uma espécie de golpe. Esta situação poderá levar o Brasil a adentrar "em território desconhecido". 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247