Gaspari alerta: cassinos serão operados pela milícia

Colunista Elio Gaspari destaca um dos pontos tratados na reunião ministerial, que atende ao interesse dos milicianos. Ele também disse que Bolsonaro não tem ideia do que fazer na presidência

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O colunista Elio Gaspari destaca, em sua coluna desta semana, um dos pontos abordados na reunião de 22 de abril: o tema dos cassinos. "Guedes conhece o Rio de Janeiro. Ele ganha um mês de férias em Macau se realmente acredita que alguém operará um cassino por lá sem que o crime organizado (e a milícia) entrem na operação. Sem cassinos, três governadores do estado foram para a cadeia e um continua lá. (Na China, o hierarca que ocupou cargos equivalentes à presidência da Petrobras e ao Gabinete de Segurança Institucional está trancado.)", diz ele.

"O aspecto patético da reunião presidida por Bolsonaro é que ela não leva a lugar nenhum. E não leva porque o presidente não tem a menor ideia do que fazer, salvo sair por aí arrumando brigas", afirma ainda Gaspari, em sua coluna.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247