Gaspari revela: ‘Temer não entra em avião sem saber quem é o dono’

Próximo do peemedebista, o jornalista que chegou a liderar o movimento 'Fica, Temer' e até o teria convencido a ficar na presidência chama de "patranha" o argumento do Planalto de que Temer não conheceria o dono do jato que voou para Comandatuba em 2011; "Temer não entra em avião sem saber quem é o dono", lembra Elio Gaspari, que chama Temer de 'arrogante' por achar que "faz o que quer"

Próximo do peemedebista, o jornalista que chegou a liderar o movimento 'Fica, Temer' e até o teria convencido a ficar na presidência chama de "patranha" o argumento do Planalto de que Temer não conheceria o dono do jato que voou para Comandatuba em 2011; "Temer não entra em avião sem saber quem é o dono", lembra Elio Gaspari, que chama Temer de 'arrogante' por achar que "faz o que quer"
Próximo do peemedebista, o jornalista que chegou a liderar o movimento 'Fica, Temer' e até o teria convencido a ficar na presidência chama de "patranha" o argumento do Planalto de que Temer não conheceria o dono do jato que voou para Comandatuba em 2011; "Temer não entra em avião sem saber quem é o dono", lembra Elio Gaspari, que chama Temer de 'arrogante' por achar que "faz o que quer" (Foto: Gisele Federicce)

247 – Jornalista que chegou a liderar o movimento 'Fica, Temer' e até teria convencido o peemedebista a ficar na presidência, segundo revelou o próprio, Elio Gaspari conta em sua coluna deste domingo 11 um comportamento de Michel Temer que só confirma suas mentiras dos últimos dias.

"Temer não entra em avião sem saber quem é o dono", diz o colunista, que chama de "outra patranha" o argumento do Palácio do Planalto de que Temer não sabia quem era o dono do jato privado que levou ele e sua família para Comandatuba, na Bahia, em 2011, e que na verdade pertencia ao empresário Joesley Batista, da JBS, hoje seu delator.

Citando dois outros episódios do governo Temer – a mudança de cargo de Osmar Serraglio sem comunicação direta com o próprio deputado e a convocação do Exército em Brasília –, Gaspari diz que eles "diferem entre si, mas têm dois pontos em comum: a arrogância de quem acha que faz o que quer e a leviandade de quem cria uma realidade paralela para se livrar do erro cometido".

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247