George Marques: Planalto vê com apreensão processo que pode derrubar Temer

Jornalista George Marques destaca que o cheque da "propina" da Andrade Gutierrez nominal ao então vice-presidente Michel Temer aumenta a tensão no Palácio do Planalto com as chances reais de Temer ser cassado; "Articulações com o PSDB e DEM avança no submundo da política de Brasília. Um desses dois partidos pode conseguir eleger o novo presidente. E o povo? Assiste embasbacado e inerte ao desenrolar do Brasil pós-impeachment"

Jornalista George Marques destaca que o cheque da "propina" da Andrade Gutierrez nominal ao então vice-presidente Michel Temer aumenta a tensão no Palácio do Planalto com as chances reais de Temer ser cassado; "Articulações com o PSDB e DEM avança no submundo da política de Brasília. Um desses dois partidos pode conseguir eleger o novo presidente. E o povo? Assiste embasbacado e inerte ao desenrolar do Brasil pós-impeachment"
Jornalista George Marques destaca que o cheque da "propina" da Andrade Gutierrez nominal ao então vice-presidente Michel Temer aumenta a tensão no Palácio do Planalto com as chances reais de Temer ser cassado; "Articulações com o PSDB e DEM avança no submundo da política de Brasília. Um desses dois partidos pode conseguir eleger o novo presidente. E o povo? Assiste embasbacado e inerte ao desenrolar do Brasil pós-impeachment" (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por George Marques, em seu Facebook - Defesa da ex-presidente Dilma apresentou ao TSE cópia de um cheque que confirma 'doação' de R$ 1 milhão a Michel Temer. O doador é Andrade Gutierrez, investigadas na Lava-Jato. O cheque com o nome de Temer será juntado às outras provas do processo que questiona abuso de poder econômico na chapa que eleita Dilma-Temer. No horizonte há espaço para uma eleição presidencial indireta, onde maioria eleita dos deputados e senadores escolheriam o novo presidente.

O Planalto vê com apreensão o desenrolar do processo que pode retirar Temer da presidência. Articulações com o PSDB e DEM avança no submundo da política de Brasília. Um desses dois partidos pode conseguir eleger o novo presidente. E o povo? Assiste embasbacado e inerte ao desenrolar do Brasil pós-impeachment.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email