Globo omite integralmente resposta de Mercadante

Reportagem do jornal O Globo desta sexta-feira, 26, intitulada "Ficha Limpa e a ginástica verbal da esquerda" omitiu integralmente a resposta do ex-ministro, Aloizio Mercadante, sobre o tema; após demandando, Mercadante encaminhou nota para o jornal sobre a aplicação do Lei da Ficha Limpa no caso referente à condenação sem provas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF-4, que foi completamente desconsiderada pela reportagem; "O Globo parece querer se transformar em um tribunal de exceção sobre a correta forma de aplicação da Lei da Ficha Limpa", disse o ex-ministro 

MERCADANTE20  BSB DF  Mercadante/CAE - NACIONAL - 28/06/2011 - O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante  presta esclarecimento durante  audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado sobre  sobre denúncias de envo
MERCADANTE20 BSB DF Mercadante/CAE - NACIONAL - 28/06/2011 - O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante presta esclarecimento durante audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado sobre sobre denúncias de envo (Foto: Aquiles Lins)

247 - Reportagem do jornal O Globo desta sexta-feira, 26, intitulada "Ficha Limpa e a ginástica verbal da esquerda" omitiu integralmente a resposta do ex-ministro, Aloizio Mercadante, sobre o tema.

Após demandando, Mercadante encaminhou nota para o jornal sobre a aplicação do Lei da Ficha Limpa no caso referente à condenação sem provas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF-4, que foi completamente desconsiderada pela reportagem.

Para o ex-ministro, com a decisão de não publicar sua reposta, O Globo "parece querer se transformar em um tribunal de exceção sobre a correta forma de aplicação da Lei da Ficha Limpa".

Confira a íntegra da resposta do ex-ministro que foi encaminhada ao jornal:

"Nota:

O presidente Lula deve utilizar todos os instrumentos legais, inclusive os previstos na Lei da Ficha Limpa, para apresentar sua candidatura, como: embargos de declaração, recursos ao Superior Tribunal de Justiça, ao Tribunal Superior Eleitoral e, eventualmente, ao Supremo Tribunal Federal. Especialmente, porque Lula é vítima de um claro caso de lawfare, no qual a justiça tem sido utilizada com fins políticos e partidários, ignorando procedimentos, prazos e o amplo direito de defesa, com o objetivo de impedir a candidatura que, hoje, vence as eleições presidenciais em todos os cenários, de acordo com todos os institutos de pesquisa.

Assessoria de Imprensa do ex-ministro Aloizio Mercadante"

Depois de lida a matéria que omitiu sua resposta, Mercadante acrescenta, ainda, que PT mantém corretamente a candidatura de Lula, a maior liderança popular da história do Brasil, por ter plena convicção da total inocência do ex-presidente e de que ele foi condenado sem provas.

Mercadante disse também que a sua resposta sobre o assunto será encaminhada para a seção de cartas do jornal O Globo.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247