Globo prepara corte em supersalários de repórteres medalhões

A Globo prepara um grande corte nos salários do chamados "repórteres medalhões" de seu telejornalismo; a redução dos altos salários já tinha atingido a teledramaturgia da emissora; processo que começou a vigorar há pelo menos quatro anos; agora, chegou a vez de enquadrar a turma do jornalismo e nem os repórteres da GloboNews estão imunes; a informação é do colunista do UOL, Ricardo Feltrin; ele escreve que estão na mira da Globo os salários acima de R$ 40 mil, principalmente de profissionais mais veteranos

irmãos Marinho, rede globo
irmãos Marinho, rede globo (Foto: José Barbacena)

247 - A Globo prepara um grande corte nos salários do chamados "repórteres medalhões" de seu telejornalismo. A redução dos altos salários já tinha atingido a teledramaturgia da emissora; processo que começou a vigorar há pelo menos quatro anos. Agora, chegou a vez de enquadrar a turma do jornalismo e nem os repórteres da GloboNews estão imunes. A informação é do colunista do UOL, Ricardo Feltrin.

Ele escreve que estão na mira da Globo os salários acima de R$ 40 mil, principalmente de profissionais mais veteranos. Alguns chegam a ganhar até R$ 60 mil por mês. 

A maioria é contratada por CLT e por isso o pânico da demissão também vem dominando as redações. Feltrin também afirma que a recente saída da jornalista Carla Vilhena tem a ver com essas novas mudanças na Globo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247