Governo Bolsonaro propõe dobrar verba de publicidade para melhorar imagem

A Secretaria de Comunicação (Secom) pediu R$ 325 milhões a mais este ano para gastar em publicidade e em relações públicas

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nobrega - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Secretaria de Comunicação (Secom), controlada por Fábio Faria (PSD), ligado ao Centrão, pediu R$ 325 milhões a mais este ano para gastar em publicidade e em relações públicas com o objetivo de melhorar a imagem de Jair Bolsonaro no País e no exterior. O valor é mais do que o dobro previsto no atual orçamento de 2020 para ações de comunicação (R$ 138,1 milhões). 

De acordo com a Secom, "tais providências são determinantes para que a Secom, no contexto de enfrentamento do Brasil à pandemia do Covid-19, tenha condições de cumprir com sua missão de promover a comunicação do governo federal com a sociedade e ampliar o acesso às informações de interesse público". O teor do documento foi publicado no jornal Folha de S.Paulo.

A mais recente pesquisa do Instituto Datafolha, feita no final de junho, apontou que rejeição a Bolsonaro atingiu de 44% dos brasileiros. A aprovação é de 32%, enquanto os que avaliam Bolsonaro como regular são 23%.

"Nosso governo vai desfazer opiniões distorcidas sobre o Brasil, mostrando ações que temos tomado em favor da floresta amazônica e do bem-estar das populações indígenas", disse ao participar da primeira reunião virtual de cúpula de presidentes do Mercosul.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email