Guardian: impeachment ameça jovem democracia do Brasil

Artigo publicado pelo jornal britânico “The Guardian” sobre os Brics diz que o impasse em Brasília e a possibilidade de que a presidente Dilma Rousseff sofra um impeachment são particularmente preocupantes: “Com cerca de um quarto dos membros do Congresso brasileiro enfrentando algum tipo de investigação criminal, a crise se tornou estrutural e existencial em sua essência, levantando preocupações sobre a durabilidade da jovem democracia do Brasil”

Artigo publicado pelo jornal britânico “The Guardian” sobre os Brics diz que o impasse em Brasília e a possibilidade de que a presidente Dilma Rousseff sofra um impeachment são particularmente preocupantes: “Com cerca de um quarto dos membros do Congresso brasileiro enfrentando algum tipo de investigação criminal, a crise se tornou estrutural e existencial em sua essência, levantando preocupações sobre a durabilidade da jovem democracia do Brasil”
Artigo publicado pelo jornal britânico “The Guardian” sobre os Brics diz que o impasse em Brasília e a possibilidade de que a presidente Dilma Rousseff sofra um impeachment são particularmente preocupantes: “Com cerca de um quarto dos membros do Congresso brasileiro enfrentando algum tipo de investigação criminal, a crise se tornou estrutural e existencial em sua essência, levantando preocupações sobre a durabilidade da jovem democracia do Brasil” (Foto: Roberta Namour)

247 – Um artigo publicado pelo jornal britânico “The Guardian” diz que a promessa de que os Brics seriam o motor da economia global no século XXI está em cheque.

Sobre o impasse em Brasília, afirma que a possibilidade de que a presidente Dilma Rousseff sofra um impeachment é particularmente preocupante: “Com cerca de um quarto dos membros do Congresso brasileiro enfrentando algum tipo de investigação criminal, a crise se tornou estrutural e existencial em sua essência, levantando preocupações sobre a durabilidade da jovem democracia do Brasil”.

O jornal chega a comparar a situação brasileira à da África do Sul. “Preocupações idênticas surgiram na África do Sul, onde Jacob Zuma, presidente do país, e o governo do Congresso Africano Nacional estão envolvidos em alegações de corrupção e prevaricação. O cenário faz com que companhias estatais tenham desempenho abaixo do esperado e provoca depreciação da moeda, queda nas exportações e inflação em alta.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247