Guardian: relatório da CPI mostra negligência e incompetência de Bolsonaro na pandemia

Um dos mais importantes jornais do mundo afirmou que o relatório da CPI da Covid “pinta um retrato devastador da negligência, incompetência e negação anticientífica que muitos acreditam ter definido a resposta do governo Bolsonaro a uma emergência de saúde pública que matou mais de 600.000 brasileiros”

(Foto: Agencia Brasil/Marcos Araujo | Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O jornal inglês The Guardian, um dos mais importantes do mundo, afirmou que o relatório da CPI da Covid “pinta um retrato devastador da negligência, incompetência e negação anticientífica que muitos acreditam ter definido a resposta do governo Bolsonaro a uma emergência de saúde pública que matou mais de 600.000 brasileiros”.

“A decisão ‘deliberada e consciente’ de Bolsonaro de adiar a compra de vacinas da Covid condenou desnecessariamente milhares de cidadãos a sepulturas prematuras”, destacou o jornal, mencionando um trecho do relatório da comissão no Senado.

Segundo o The Guardian, “a alegação mais séria seja que a rejeição de Bolsonaro às ofertas dos fabricantes de vacinas durante o primeiro ano da epidemia no Brasil resultou em assassinato”.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email