Guilherme Estrella: 1 milhão e 200 mil lares voltaram para a lenha

O grande responsável pela descoberta do Pré-Sal, o geólogo Guilherme Estrella, está estarrecido com os rumos que o governo golpista vem dando à Petrobras: “é um negócio completamente contrário ao interesse nacional, que vai explodir lá embaixo, no preço no diesel, na gasolina, no gás de cozinha, que passou a R$ 80 o botijão!”; ele diz que um milhão e duzentos mil lares voltaram a usar fogão à lenha

Rio de Janeiro - O geólogo e ex-diretor da Petrobras, Guilherme Estrella fala durante lançamento da campanha de apoio às empresas públicas, Se é público é para todos, na Fundição Progresso (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - O geólogo e ex-diretor da Petrobras, Guilherme Estrella fala durante lançamento da campanha de apoio às empresas públicas, Se é público é para todos, na Fundição Progresso (Tomaz Silva/Agência Brasil) (Foto: Gustavo Conde)

247 -  O grande responsável pela descoberta do Pré-Sal, o geólogo Guilherme Estrella, está estarrecido com os rumos que o governo golpista vem dando à Petrobras: “É um negócio completamente contrário ao interesse nacional, que vai explodir lá embaixo, no preço no diesel, na gasolina, no gás de cozinha, que passou a R$ 80 o botijão!”. Ele diz que um milhão e duzentos mil lares voltaram a usar fogão à lenha. 

" (...) Isso é uma coisa primitiva! O país volta ao paleolítico, nós estamos voltando ao paleolítico! O ser humano, há dez mil anos, utilizava lenha.”

Essa é apenas uma das consequências perversas do “descalabro que se instalou na Petrobras”, como disse o especialista em entrevista ao TUTAMÉIA. Estrella não poupa palavras para definir a situação: “Esse é o quadro tétrico, completamente desorganizado, caótico, de uma incompetência gigantesca na gestão desse sistema.”

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247