Haddad afirma que Weintraub cometeu crime ao tentar violar dados sigilosos de estudantes

O ex-ministro da educação Fernando Haddad afirmou em seu Twitter que Abraham Weintraub cometeu crime ao pressionar o presidente do Inep para violar dados sigilosos de estudantes; ele disse: "Isto é Crime - A confusão que culminou na demissão do terceiro bozopresidente do Inep, Elmer Vicenzi, começou quando o ministro da Educação pediu acesso a dados sigilosos de estudantes, solicitação que foi negada pelo procurador do órgão"

Haddad afirma que Weintraub cometeu crime ao tentar violar dados sigilosos de estudantes
Haddad afirma que Weintraub cometeu crime ao tentar violar dados sigilosos de estudantes

247 - O ex-ministro da educação Fernando Haddad afirmou em seu Twitter que Abraham Weintraub cometeu crime ao pressionar o presidente do Inep para violar dados sigilosos de estudantes. Ele disse: "Isto é Crime - A confusão que culminou na demissão do terceiro bozopresidente do Inep, Elmer Vicenzi, começou quando o ministro da Educação pediu acesso a dados sigilosos de estudantes, solicitação que foi negada pelo procurador do órgão."

Veja aqui o Twitter de Fernando Haddad:

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247