Indigência de Bolsonaro assusta, aponta a Folha

"Inquietante é perceber a indigência das ideias da trupe bolsonarista para substituir os métodos e vícios do presidencialismo nacional. Particularmente assustadora se mostrou uma manifestação recente do mandatário quanto à tramitação legislativa da crucial reforma da Previdência", aponta editorial da Folha de S. Paulo

Indigência de Bolsonaro assusta, aponta a Folha
Indigência de Bolsonaro assusta, aponta a Folha (Foto: Marcos Corrêa/PR)

247 – "Até se compreende o apego de Jair Bolsonaro e seus aliados ao mantra condenatório da 'velha política'. Afinal, a exaustão geral com escândalos de corrupção e o toma lá dá cá das relações entre governo e Congresso —e talvez não muito mais que isso— o levaram ao Palácio do Planalto e deram a seu PSL uma bancada expressiva", aponta editorial da Folha de S. Paulo, desta terça-feira. "Inquietante é perceber a indigência das ideias da trupe bolsonarista para substituir os métodos e vícios do presidencialismo nacional. Particularmente assustadora se mostrou uma manifestação recente do mandatário quanto à tramitação legislativa da crucial reforma da Previdência", continua o editorialista, referindo-se ao ponto em que Bolsonaro diz ter feito a sua parte.

"O chefe do Executivo parece crer, portanto, que não cabe a ele a tarefa de convencer sociedade e parlamentares da necessidade de endurecer as regras das aposentadorias. A missão inglória seria de Maia —sabe-se lá com que meios", prossegue o texto. "Bolsonaro vai trair seu eleitorado, de fato, se formar uma aliança partidária baseada tão somente na cooptação fisiológica por meio de cargos e verbas públicas. A alternativa virtuosa, porém, não está na recusa do jogo político."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247