Investigado por fake news, bolsonarista Allan dos Santos diz que não fugiu do país: 'sou correspondente internacional'

Investigado no inquérito das fake news, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos afirmou que não fugiu do país, mas que saiu “pela porta da frente”. "Saí pela porta da frente, como qualquer brasileiro. Sou correspondente internacional. Simples assim”, postou no Twitter

Allan dos Santos
Allan dos Santos (Foto: Alessandro Dantas)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Julinho Bittencourt, na Revista Fórum - Após criar uma teoria da conspiração e dizer que só estaria seguro no exterior para fazer tal denúncia, o blogueiro bolsonarista, Allan dos Santos, investigado no inquérito das fake news no STF, afirmou nesta sexta-feira (31), que não fugiu do pais, mas que saiu “pela porta da frente”. Ele disse ainda que é “correspondente internacional”.

“Que história é essa de fuga? Saí pela porta da frente, como qualquer brasileiro. Sou correspondente internacional. Simples assim”, postou no Twitter.

Allan dos Santos, que é investigado no inquérito das fake news no STF, informou, nesta sexta-feira, em uma live da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), que está “fora do país”. Ele acusou o ministro Luís Roberto Barroso de “prevaricação”, pois estaria ciente de que a China e a Coréia do Norte espionam o telefone de Bolsonaro, mas não notificou Bolsonaro. Disse ainda que estava no exterior, pois “a única maneira de dar essa informação era fora do país”.

Leia a íntegra na Fórum. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247