Jane Fonda revela que foi estuprada e Alexandre reage com “E eu com isso?”

Em sua conta no Twitter, o comentarista de extrema-direita da Globo reagiu com um "E eu com isso?" à revelação da atriz americana Jane Fonda de que foi vítima de estupro quando era criança; declaração recebeu chuva de críticas; "Como porta-voz de uma ditadura responsável por torturar, estuprar e matar, @alexandregarcia, você não poderia ter dado outra resposta", disse o crítico de cinema Pablo Vilaça; "@alexandregarcia quando ela revela isso, ajuda a dar luz a este tipo de crime e ampliar o combate. Achei que fosse óbvio", rebateu a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ)

Em sua conta no Twitter, o comentarista de extrema-direita da Globo reagiu com um "E eu com isso?" à revelação da atriz americana Jane Fonda de que foi vítima de estupro quando era criança; declaração recebeu chuva de críticas; "Como porta-voz de uma ditadura responsável por torturar, estuprar e matar, @alexandregarcia, você não poderia ter dado outra resposta", disse o crítico de cinema Pablo Vilaça; "@alexandregarcia quando ela revela isso, ajuda a dar luz a este tipo de crime e ampliar o combate. Achei que fosse óbvio", rebateu a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ)
Em sua conta no Twitter, o comentarista de extrema-direita da Globo reagiu com um "E eu com isso?" à revelação da atriz americana Jane Fonda de que foi vítima de estupro quando era criança; declaração recebeu chuva de críticas; "Como porta-voz de uma ditadura responsável por torturar, estuprar e matar, @alexandregarcia, você não poderia ter dado outra resposta", disse o crítico de cinema Pablo Vilaça; "@alexandregarcia quando ela revela isso, ajuda a dar luz a este tipo de crime e ampliar o combate. Achei que fosse óbvio", rebateu a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista da Globo Alexandre Garcia, que foi porta-voz da Ditadura Militar durante o governo do general João Batista Figueiredo, demonstrou seu apreço pelo machismo nas redes sociais. 

Em sua conta no Twitter, o comentarista de extrema-direita da Globo, que foi demitido do governo Figueiredo por se exibir em uma revista masculina em reportagem intitulada o "garanhão do Planalto" (lembre aqui), reagiu com um "E eu com isso?" a revelação da atriz americana Jane Fonda, de que foi vítima de estupro quando era criança. 

Em entrevista publicada nesta quinta-feira, 2, na revista "The Edit", a atriz americana diz que foi abusada sexualmente quando era pequena. "Fui estuprada e abusada sexualmente quando era criança. Também já fui demitida por não querer dormir com o meu chefe. Sempre pensei que tudo isso fosse minha culpa, que isso aconteceu porque eu não tinha falado ou feito a coisa certa", afirmou Jane Fonda.

As declarações da atriz veterana foram feitas em uma conversa com Brie Larsson, que no ano passado ganhou o Oscar de melhor atriz pelo filme "O Quarto de Jack", sobre uma mulher sequestrada por um homem que abusa sexualmente dela.

A declaração do jornalista recebeu uma chuva de críticas de seguidores nas redes sociais:

" quando ela revela isso, ajuda a dar luz a este tipo de crime e ampliar o combate. Achei que fosse óbvio", rebateu a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

"Como porta-voz de uma ditadura responsável por torturar, estuprar e matar, , você não poderia ter dado outra resposta", disse o crítico de cinema Pablo Vilaça. 

" vc estupra o bom senso todo dia, deve ter alguma relação", disse a seguidora Luciana Cerqueira. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247