Janio: Temer planeja extinguir seu crime de responsabilidade

"Michel Temer sabe que o crime compensa, mas se o apagar na lei, como Geddel e Beira-Mar também gostariam, será seguro", afirma o jornalista Janio de Freitas, ao comentar a intenção do governo de mudar a 'regra de ouro' das contas públicas para que Michel Temer não seja acusado de crime de responsabilidade

"Michel Temer sabe que o crime compensa, mas se o apagar na lei, como Geddel e Beira-Mar também gostariam, será seguro", afirma o jornalista Janio de Freitas, ao comentar a intenção do governo de mudar a 'regra de ouro' das contas públicas para que Michel Temer não seja acusado de crime de responsabilidade
"Michel Temer sabe que o crime compensa, mas se o apagar na lei, como Geddel e Beira-Mar também gostariam, será seguro", afirma o jornalista Janio de Freitas, ao comentar a intenção do governo de mudar a 'regra de ouro' das contas públicas para que Michel Temer não seja acusado de crime de responsabilidade (Foto: Gisele Federicce)

247 - Para Janio de Freitas, "o governo está criando a solução absoluta para o problema da criminalidade, até aqui indomável": extinguir o crime.

"Michel Temer sabe que o crime compensa, mas se o apagar na lei, como Geddel e Beira-Mar também gostariam, será seguro", afirma o jornalista, ao comentar a intenção do governo de mudar a 'regra de ouro' das contas públicas para que Michel Temer não seja acusado de crime de responsabilidade.

"Por equivalência, todo crime, cometido ou a ocorrer, só por ser crime já se enquadra na pré-condição para esta fórmula milagrosa, que o isenta de punição: não se eliminando o crime, elimine-se a ordem legal que o proíbe e pune. Extinta a proibição, não há o crime que a justificava", escreve Janio, em sua coluna deste domingo.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247