Janio: Torquato é um ministro deplorável

"Deplorável é a palavra mais branda a aplicar-se ao Torquato Jardim que emerge do cargo de ministro da Justiça de Temer. Mas a palavra merece companhia: deplorável e patético", escreve o colunista Janio de Freitas em seu artigo desta quinta, onde não poupa críticas ao novo ministro de Michel Temer

Janio
Janio (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Em sua coluna nesta quinta (1º), Janio de Freitas não poupa críticas ao novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, indicado por Michel Temer para o cargo com a missão de catimbar seu julgamento e de interferir na Polícia Federal.

"Torquato Jardim não esperou ser ministro da Justiça de fato e de direito para devastar a sua imagem. Na primeira entrevista depois de escolhido, para Daniela Lima na Folha, exalou disposições subservientes. Não bastando a fuga às indagações, mesmo as mais simples, fez afirmações que entraram pelo grotesco e saíram na indicação de que trouxe um risco à continuidade de investigações importantes. A começar das que se apliquem a comprometimentos de Michel Temer.

Deplorável é a palavra mais branda a aplicar-se ao Torquato Jardim que emerge do cargo de ministro da Justiça de Temer. Mas a palavra merece companhia: deplorável e patético.

Integrantes da Lava Jato enfim estarão certos, e sem paranoias, se deduzirem que as investigações agora estão sob ameaça real de cerceamento."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247