Jean Wyllys acusa Carluxo de apagar provas ao sair das redes sociais

"Isso se chama (tentar) apagar os rastros e as provas de crimes; aquilo que pode conectar suas redes às milícias digitais?", disse o ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ)

Ex-deputado Jean Wyllys na Câmara dos Deputados
Ex-deputado Jean Wyllys na Câmara dos Deputados (Foto: Câmara dos Deputados | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-deputado Jean Wyllys afirmou em sua página no Twitter que a saída do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) das redes sociais nesta terça-feira (12), é para "apagar os rastros e as provas de crimes".

"Isso se chama (tentar) apagar os rastros e as provas de crimes; aquilo que pode conectar suas redes às milícias digitais?", disse Jean.

Sem explicar as razões, Carlos Bolsonaro apagou todas as suas contas nas redes sociais. A especulação é de que a medida esteja vinculada à CPI das Fake News, que apura a disseminação de crimes virtuais. Carlos é o principal articulador da presença do pai e do governo nas redes sociais, sendo responsável inclusive por vários dos tweets que são postados no perfil de Jair Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247