Jean Wyllys rebate editorial do Estadão sobre chacina do Jacarezinho: "vergonhoso e imoral"

Texto do jornal diz que que “soa no mínimo apressado falar em ‘execução arbitrária’”. O ex-deputado rebate: “0 Estadão ignora a Constituição Federal para produzir uma peça de desinformação cínica”

Jean Wyllys
Jean Wyllys (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O ex-deputado federal pelo PSOL, Jean Wyllys, usou as redes sociais para criticar, com veemência, editorial publicado neste sábado (8) no jornal O Estado de S. Paulo.

Entre outras afirmações, o texto diz que “soa no mínimo apressado falar em ‘execução arbitrária’”, o que aconteceu na Chacina do Jacarezinho, onde uma operação policial provocou a morte de 28 pessoas.

Indignado, Wyllys ressalta: “Este editorial é mais que vergonhoso. É imoral. É vil. Num país em que a pena de morte está formalmente abolida há séculos, tentar ‘justificar’ a execução sumária de 25 pessoas por parte das polícias sob o argumento de que elas eram ‘todas criminosas’ é ser cúmplice da matança”.

Leia mais na Fórum.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email