CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

JN destaca posição do MST sobre post do governo com “agricultor” armado

Confira momento em que o telejornal da Globo dá destaque à posição do movimento

William Bonner, no Jornal Nacional
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 com Revista Fórum - O Jornal Nacional, da TV Globo, repercutiu nesta quarta-feira (28) nota do Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) contra a postagem feita pela secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) que mostrava um homem armado para “comemorar” o Dia do Agricultor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra afirmou que, ao escolher a imagem de um jagunço para homenagear o dia do agricultor, o governo Bolsonaro é coerente com a sua concepção de mundo, de culto à violência e promoção da morte”, disse a âncora Renata Vasconcellos ao repercutir posição do MST.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra da nota do MST enviada ao Jornal Nacional:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Ao escolher a imagem de um jagunço para homenagear o Dia do Agricultor, o governo Bolsonaro demonstra coerência com sua concepção de mundo de culto à violência e promoção da morte. O presidente se preocupa unicamente em estimular o ódio. Esse mesmo governo que vetou a Lei Assis Carvalho, aprovada pelo Congresso Nacional para dar um auxílio emergencial para a produção de alimentos na pandemia, trouxe a fome de volta e não tomou medidas para conter o preço do arroz, do feijão e da carne. Os agricultores produzem alimentos. E querem produzir alimentos saudáveis, sem agrotóxicos. Para isso, não querem armas nem jagunços. Querem políticas efetivas de crédito, assistência técnica e de compra da produção. Esse governo é incapaz de adotar essas políticas e, por isso, nos juntamos aos que gritam Fora Bolsonaro! Viva a vida!!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE