Jornal golpista contra Dilma, Estado compra renúncia de Bolsonaro

O jornal Estado de S.Paulo, o mesmo que inflou o golpe de Estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff, defendeu em editorial a renúncia de Jair Bolsonaro. “Para o bem do País e dos brasileiros – que renuncie o quanto antes”, defende

Jair Bolsonaro e Dilma Rousseff
Jair Bolsonaro e Dilma Rousseff (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornal O Estado de S.Paulo, o mesmo que inflou o golpe de Estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff em 2016, defendeu em editorial publicado nesta quinta-feira (7) a renúncia imediata de Jair Bolsonaro da Presidência da República. 

“O País luta contra uma grave pandemia. Não se sabe quando haverá vacina para os brasileiros. O desemprego alcança taxas alarmantes. A economia tenta a duras penas se aprumar. E o presidente da República vem dizer que o Brasil está quebrado? Haja irresponsabilidade. Haja insensibilidade”, diz um trecho. 

Em outro momento, a publicação diz que “se o presidente Jair Bolsonaro está mesmo convencido de que o Brasil está quebrado e de que ele não pode fazer nada, é imperioso – para o bem do País e dos brasileiros – que renuncie o quanto antes. Não há lugar para um presidente da República assim amuado, a fazer-se de vítima na porta do Palácio da Alvorada perante seus apoiadores”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email