Jornal português diz que Moro foi de ''superministro'' a ''miniministro''

O jornal português Diário de Notícias também afirmou que, "num intervalo de dois meses, o ex-juiz perde força na opinião pública por causa da Vaza Jato, sofre derrotas no Congresso, é atropelado no Supremo e vê os seus ímpetos reprimidos pelo próprio Bolsonaro"

247 - O jornal português Diário de Notícias afirmou, nesta segunda-feira (19/8), que, em apenas dois meses, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, passou de "superministro" a "miniministro". A reportagem cita motivos como a divulgação da troca de mensagens entre o ex-juiz e procuradores da Lava-Jato, e o projeto sobre abuso de autoridade aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira (14).  

"Num intervalo de dois meses, o ex-juiz perde força na opinião pública por causa da Vaza Jato, sofre derrotas no Congresso, é atropelado no Supremo e vê os seus ímpetos reprimidos pelo próprio Bolsonaro", diz a matéria. 

De acordo com o jornal, o texto poderia se chamar "lei Sérgio Moro, já que pareceu redigida de maneira a contrariar o ex-juiz da operação, que de superministro da Justiça, no início do mandato de Jair Bolsonaro, se parece a cada dia que passa mais com um miniministro".  

O texto sobre a lei foi aprovado pelo Senado e falta apenas Jair Bolsonaro analisar o tema. O ocupante do Planalto teve um encontro com o ministro e sinalizou que vetará alguns pontos do projeto. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247