Jornalista crítico a Bolsonaro é encontrado morto a pedradas em Cuiabá

O jornalista e escritor Marcelo Leite Ferraz foi encontrado morto em um terreno baldio na capital de Mato Grosso, com marcas de pancada na cabeça e afundamento no crânio. Marcelo se tornou conhecido na cidade por suas críticas a Jair Bolsonaro e seu governo

Reprodução
Reprodução
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DCM - O jornalista e escritor cuiabano Marcelo Leite Ferraz, de 38 anos, foi encontrado morto na última segunda-feira (30) em um terreno baldio na capital de Mato Grosso, com marcas de pancada na cabeça e afundamento no crânio.

Próximo ao corpo, foram encontradas pela Polícia Civil pedras e um bloco de concreto com manchas de sangue.

Ele estava desaparecido desde o último sábado (28), quando saiu para encontrar amigos em um bar da região central de Cuiabá e nunca mais voltou para casa.

Marcelo sempre foi um crítico da esquerda e do PT, além de apoiador da Operação Lava Jato e do ex-juiz Sergio Moro. Ao longo deste ano, porém, se tornou conhecido na cidade como um crítico ferrenho do presidente Jair Bolsonaro, de seu governo e de seus apoiadores.

Confira a íntegra da reportagem no DCM.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247