Josias: Temer rende às mulheres uma anti-homenagem

"Difícil, muito difícil, dificílimo saber onde Michel Temer estava com a cabeça quando decidiu homenagear as mulheres no Dia Internacional delas com um discurso em que enaltece o papel doméstico das homenageadas", analisa o jornalista do UOL, para quem Michel Temer tem "o pensamento em desalinho", que "parece não enxergar a evolução ao redor"

"Difícil, muito difícil, dificílimo saber onde Michel Temer estava com a cabeça quando decidiu homenagear as mulheres no Dia Internacional delas com um discurso em que enaltece o papel doméstico das homenageadas", analisa o jornalista do UOL, para quem Michel Temer tem "o pensamento em desalinho", que "parece não enxergar a evolução ao redor"
"Difícil, muito difícil, dificílimo saber onde Michel Temer estava com a cabeça quando decidiu homenagear as mulheres no Dia Internacional delas com um discurso em que enaltece o papel doméstico das homenageadas", analisa o jornalista do UOL, para quem Michel Temer tem "o pensamento em desalinho", que "parece não enxergar a evolução ao redor" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Josias de Souza, do UOL, foi mais um a criticar o discurso machista de Michel Temer feito nesta quarta-feira 8 - curiosamente, Dia Internacional da Mulher. Em tempos de luta das mulheres pela igualdade de direitos, entre eles a divisão dos trabalhos domésticos, o peemedebista enalteceu o papel da mulher... no lar.

"Difícil, muito difícil, dificílimo saber onde Michel Temer estava com a cabeça quando decidiu homenagear as mulheres no Dia Internacional delas com um discurso em que enaltece o papel doméstico das homenageadas", escreve Josias, para quem Michel Temer rendeu uma "anti-homenagem às mulheres". Temer tem "o pensamento em desalinho", que "parece não enxergar a evolução ao redor", diz o jornalista.

"O discurso de Temer soaria ultrapassado já na década de 1960", diz ainda o colunista. Ao transportar essa mulher com aroma de passado para 2017, Temer produziu uma hedionda anti-homenagem. Perdeu uma excelente oportunidade de perder uma oportunidade", conclui. Leia aqui a íntegra.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247