Jurista já vê risco até de que Lula seja assassinado na prisão

O advogado, criminalista e professor de Direito Penal Leonardo Isaac é mais um jurista que manifestou repúdio e estupefação diante do não deferimento da Juíza Carolina Lebbos ao pedido da defesa de Lula para que ele comparecesse ao enterro do irmão Vavá; Isaac, que integra os Juristas Pela Democracia, afirmou: "impedir Lula de velar e enterrar seu irmão, mais do que violação a lei, é ato desumano, abjeto e cruel. O tratamento inumano dispensado a Lula é, dentre tantos motivos, mais um pelo qual o ex-presidente deve ser colocado em liberdade, antes que o matem na prisão"

Jurista já vê risco até de que Lula seja assassinado na prisão
Jurista já vê risco até de que Lula seja assassinado na prisão (Foto: 247 | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado, criminalista e professor de Direito Penal Leonardo Isaac é mais um jurista que manifestou repúdio e estupefação diante do não deferimento da Juíza Carolina Lebbos ao pedido da defesa de Lula para que ele comparecesse ao enterro do irmão Vavá. Isaac, que integra os Juristas Pela Democracia, afirmou: "impedir Lula de velar e enterrar seu irmão, mais do que violação a lei, é ato desumano, abjeto e cruel. O tratamento inumano dispensado a Lula é, dentre tantos motivos, mais um pelo qual o ex-presidente deve ser colocado em liberdade, antes que o matem na prisão."

Confira o Twiter de Leonardo Isaac: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247