Kennedy Alencar: ação de Aécio é irresponsável e golpista

Segundo o colunista Kennedy Alencar, governo cumpriu seu papel legal ao levar questão da meta fiscal ao Congresso; ele afirma que, ao cogitar entrar na Justiça por crime de responsabilidade, senador Aécio Neves (PSDB) abre possibilidade de discutir o impeachment de uma presidente da República que acabou de ser eleita democraticamente; “Isso não ajuda o país”, diz; é uma irresponsabilidade política. É também um discurso golpista” 

Segundo o colunista Kennedy Alencar, governo cumpriu seu papel legal ao levar questão da meta fiscal ao Congresso; ele afirma que, ao cogitar entrar na Justiça por crime de responsabilidade, senador Aécio Neves (PSDB) abre possibilidade de discutir o impeachment de uma presidente da República que acabou de ser eleita democraticamente; “Isso não ajuda o país”, diz; é uma irresponsabilidade política. É também um discurso golpista” 
Segundo o colunista Kennedy Alencar, governo cumpriu seu papel legal ao levar questão da meta fiscal ao Congresso; ele afirma que, ao cogitar entrar na Justiça por crime de responsabilidade, senador Aécio Neves (PSDB) abre possibilidade de discutir o impeachment de uma presidente da República que acabou de ser eleita democraticamente; “Isso não ajuda o país”, diz; é uma irresponsabilidade política. É também um discurso golpista”  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O colunista Kennedy Alencar contesta a ação do senador Aécio Neves (PSDB) que estuda entrar na Justiça contra o descumprimento da meta. “Falar em crime de responsabilidade significa abrir possibilidade de discutir o impeachment de uma presidente da República que acabou de ser eleita democraticamente. Isso não ajuda o país. É uma aposta num clima de confronto permanente que, no limite, dificulta a governabilidade de quem tem ainda mais de quatro anos de mandato pela frente”, afirma.

Ele lembra que a presidente Dilma já deu todos os sinais de que fará um ajuste econômico gradual. Sugere que ainda que a oposição ganharia mais discutindo se esse é o caminho ideal.

“Deveria apontar o desastre de mais uma promessa descumprida e de mais uma tentativa de maquiagem. Deveria cobrar do governo que assumisse claramente o déficit primário, deixando claro que essa conta ficará no vermelho mesmo. Seria bem melhor do que essa conversa de crime de responsabilidade, que é uma irresponsabilidade política. É também um discurso golpista” (leia aqui).

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email