Kennedy: Com recorde de nulos, Datafolha abre porta do inferno

"A explosão de votos nulos e brancos num cenário em que o ex-presidente Lula ficaria fora da disputa presidencial é o principal destaque da última pesquisa Datafolha", diz o jornalista Kennedy Alencar; "Novidade, essa taxa atinge quase um terço do eleitorado. Alcança 32% num cenário sem o ex-presidente. É recorde na série histórica do Datafolha", afirma; segundo ele, o índice "é mais ou menos como abrir a porta do inferno"

"A explosão de votos nulos e brancos num cenário em que o ex-presidente Lula ficaria fora da disputa presidencial é o principal destaque da última pesquisa Datafolha", diz o jornalista Kennedy Alencar; "Novidade, essa taxa atinge quase um terço do eleitorado. Alcança 32% num cenário sem o ex-presidente. É recorde na série histórica do Datafolha", afirma; segundo ele, o índice "é mais ou menos como abrir a porta do inferno"
"A explosão de votos nulos e brancos num cenário em que o ex-presidente Lula ficaria fora da disputa presidencial é o principal destaque da última pesquisa Datafolha", diz o jornalista Kennedy Alencar; "Novidade, essa taxa atinge quase um terço do eleitorado. Alcança 32% num cenário sem o ex-presidente. É recorde na série histórica do Datafolha", afirma; segundo ele, o índice "é mais ou menos como abrir a porta do inferno" (Foto: Leonardo Lucena)

247 - "A explosão de votos nulos e brancos num cenário em que o ex-presidente Lula ficaria fora da disputa presidencial é o principal destaque da última pesquisa Datafolha", diz o jornalista Kennedy Alencar.

"Novidade, essa taxa atinge quase um terço do eleitorado. Alcança 32% num cenário sem o ex-presidente. É recorde na série histórica do Datafolha. O maior índice de votos nulos e brancos havia sido medido em fevereiro de 2014, início da sucessão presidencial daquele ano e pós-manifestações de junho e julho de 2013. Na época, a taxa foi a 19% e espantou. Num dos cenários com Lula na disputa, os nulos e brancos chegaram hoje a 19%", diz.

De acordo com o blogueiro, "um índice de 32% de nulos e brancos é mais ou menos como abrir a porta do inferno. Não se sabe o que sairá de lá. Melhor dizendo, dá para se ter uma ideia de que coisa boa não sairá". 

Leia a íntegra no Blog do Kennedy Alencar

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247