Kennedy: Moro interferiu politicamente contra Lula e Dilma

"Moro fez uma tremenda interferência no processo político que foi desfavorável a Lula e à presidente Dilma Rousseff. Isso não é papel de juiz", critica o colunista Kennedy Alencar, sobre o pedido de desculpas do juiz Sérgio Moro sobre a divulgação ilegal de conversas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula; "Um erro da Justiça tem peso grande. No caso em questão, a ação de Moro deu mais força ao impeachment da presidente e enfraqueceu Lula publicamente", afirmou

"Moro fez uma tremenda interferência no processo político que foi desfavorável a Lula e à presidente Dilma Rousseff. Isso não é papel de juiz", critica o colunista Kennedy Alencar, sobre o pedido de desculpas do juiz Sérgio Moro sobre a divulgação ilegal de conversas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula; "Um erro da Justiça tem peso grande. No caso em questão, a ação de Moro deu mais força ao impeachment da presidente e enfraqueceu Lula publicamente", afirmou
"Moro fez uma tremenda interferência no processo político que foi desfavorável a Lula e à presidente Dilma Rousseff. Isso não é papel de juiz", critica o colunista Kennedy Alencar, sobre o pedido de desculpas do juiz Sérgio Moro sobre a divulgação ilegal de conversas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula; "Um erro da Justiça tem peso grande. No caso em questão, a ação de Moro deu mais força ao impeachment da presidente e enfraqueceu Lula publicamente", afirmou (Foto: Aquiles Lins)

247 - Ao comentar sobre o pedido de desculpas do juiz federal Sérgio Moro sobre a divulgação ilegal de conversas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, o colunista Kennedy Alencar afirmou nesta quarta-feira, 30, que, apesar das desculpas, a ação de Moro trouxe prejuízos políticos para Dilma e Lula.

"Moro fez uma tremenda interferência no processo político que foi desfavorável a Lula e à presidente Dilma Rousseff. Isso não é papel de juiz", critica Kennedy. "Se não havia crime, por que divulgar? Isso gerou desgaste para Dilma e o ministro Jaques Wagner, por exemplo", lembra.

Kennedy criticou também a divulgação de conversas sem nenhum interesse público, como o diálogo entre dona Marisa e um filho dela.

"A mão de Moro pesou contra Dilma e Lula politicamente. Os juízes têm garantias especiais, como cargo vitalício e proteção contra remoção de vara, justamente porque são importantes para a sociedade e precisam ser imparciais. Numa democracia, a Justiça tem a última palavra. A última palavra é do Supremo, que é o guardião da Constituição. Portanto, um erro da Justiça tem peso grande. No caso em questão, a ação de Moro deu mais força ao impeachment da presidente e enfraqueceu Lula publicamente", criticou.

Leia na íntegra o comentário de Kennedy Alencar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247