Kennedy: Para governo e PT, Lava Jato busca delação de Bumlai

Segundo o colunista Kennedy Alencar, apesar de Sergio Moro ter dito que não há prova de um ato ilícito praticado pelo ex-presidente Lula, o juiz federal afirmou que Bumlai teria feito operações para dar dinheiro ao PT; “A prisão de Bumlai, feita sem depoimento anterior, seria uma forma de pressão dos investigadores - uma clara sinalização de dureza e de munição reunida contra o empresário”, conclui

Segundo o colunista Kennedy Alencar, apesar de Sergio Moro ter dito que não há prova de um ato ilícito praticado pelo ex-presidente Lula, o juiz federal afirmou que Bumlai teria feito operações para dar dinheiro ao PT; “A prisão de Bumlai, feita sem depoimento anterior, seria uma forma de pressão dos investigadores - uma clara sinalização de dureza e de munição reunida contra o empresário”, conclui
Segundo o colunista Kennedy Alencar, apesar de Sergio Moro ter dito que não há prova de um ato ilícito praticado pelo ex-presidente Lula, o juiz federal afirmou que Bumlai teria feito operações para dar dinheiro ao PT; “A prisão de Bumlai, feita sem depoimento anterior, seria uma forma de pressão dos investigadores - uma clara sinalização de dureza e de munição reunida contra o empresário”, conclui (Foto: Roberta Namour)

247 - Na avaliação do governo e do PT, a prisão do empresário José Carlos Bumlai faz parte de uma estratégia da força-tarefa da Operação Lava Jato para tentar investigar o ex-presidente Lula. É o que afirma o colunista Kennedy Alencar.

Segundo ele, apesar de Sergio Moro ter dito que não há prova de um ato ilícito praticado pelo ex-presidente, o juiz federal afirmou que Bumlai teria feito operações para dar dinheiro ao PT.

“A prisão de Bumlai, feita sem depoimento anterior, seria uma forma de pressão dos investigadores - uma clara sinalização de dureza e de munição reunida contra o empresário”, conclui (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247