Kennedy sobre alta de impostos: não dá mais para culpar Dilma

"Num momento de grave recessão, o governo adota um remédio amargo e impopular para tentar aumentar a arrecadação. A responsabilidade foram a sua lentidão administrativa e lassidão fiscal seletiva - frouxa com a elite do funcionalismo e os aliados, mas dura em relação às políticas sociais", analisa o jornalista

"Num momento de grave recessão, o governo adota um remédio amargo e impopular para tentar aumentar a arrecadação. A responsabilidade foram a sua lentidão administrativa e lassidão fiscal seletiva - frouxa com a elite do funcionalismo e os aliados, mas dura em relação às políticas sociais", analisa o jornalista
"Num momento de grave recessão, o governo adota um remédio amargo e impopular para tentar aumentar a arrecadação. A responsabilidade foram a sua lentidão administrativa e lassidão fiscal seletiva - frouxa com a elite do funcionalismo e os aliados, mas dura em relação às políticas sociais", analisa o jornalista (Foto: Gisele Federicce)

247- O jornalista Kennedy Alencar afirma que o governo Temer, que anunciou nesta quarta-feira 19 que irá aumentar impostos para tentar cumprir uma meta fiscal deficitária de R$ 139 bilhões, "recorre a um remendo. Passados 14 meses de governo Temer, não dá mais para culpar a administração Dilma Rousseff".

"Num momento de grave recessão, o governo adota um remédio amargo e impopular para tentar aumentar a arrecadação. A responsabilidade foram a sua lentidão administrativa e lassidão fiscal seletiva - frouxa com a elite do funcionalismo e os aliados, mas dura em relação às políticas sociais", analisa.

O colunista avalia que, "enquanto perdurar a crise política no atual nível de gravidade, a economia poderá dar soluços positivos, mas tende a não produzir resultados duradouros". "Só eleição presidencial direta, sem invenciones como parlamentarismo, deverá dar a um novo governo capital político para ajudar o país a superar as suas dificuldades econômicas", conclui.

Leia aqui a íntegra de seu comentário.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247