Kennedy: STF ajuda a civilizar debate público com Bolsonaro réu

Jornalista Kennedy Alencar elogiou nesta quarta-feira, 22, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que aceitou receber a denúncia e julgar o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por incitação ao estupro; jornalista lembra que Bolsonaro é um político que cresceu explorando o preconceito, o ódio e a desinformação; "O Supremo coloca um freio nesse comportamento, dando um alerta a autoridades públicas e formadores de opinião que incitam o ódio, o preconceito e crimes, como esse do estupro", afirmou; "Bolsonaro inspira a violência no debate público"

Jornalista Kennedy Alencar elogiou nesta quarta-feira, 22, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que aceitou receber a denúncia e julgar o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por incitação ao estupro; jornalista lembra que Bolsonaro é um político que cresceu explorando o preconceito, o ódio e a desinformação; "O Supremo coloca um freio nesse comportamento, dando um alerta a autoridades públicas e formadores de opinião que incitam o ódio, o preconceito e crimes, como esse do estupro", afirmou; "Bolsonaro inspira a violência no debate público"
Jornalista Kennedy Alencar elogiou nesta quarta-feira, 22, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que aceitou receber a denúncia e julgar o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por incitação ao estupro; jornalista lembra que Bolsonaro é um político que cresceu explorando o preconceito, o ódio e a desinformação; "O Supremo coloca um freio nesse comportamento, dando um alerta a autoridades públicas e formadores de opinião que incitam o ódio, o preconceito e crimes, como esse do estupro", afirmou; "Bolsonaro inspira a violência no debate público" (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Kennedy Alencar elogiou nesta quarta-feira, 22, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que aceitou receber a denúncia e julgar o deputado de ultra direita Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por incitação ao estupro contra a também deputada Maria do Rosário (PT-RS) (leia mais).

"Foi uma decisão histórica. Fixou limites para a imunidade parlamentar, abrindo a possibilidade de punição a quem incita o crime de estupro e prega uma cultura de violência contra a mulher. É muito grave que um cidadão faça isso. Mais grave ainda na boca de um deputado federal, que faz leis e tem mais voz no debate público", afirmou Kennedy. 

O jornalista lembra que Bolsonaro é um político que cresceu explorando o preconceito, o ódio e a desinformação. "O Supremo coloca um freio nesse comportamento, dando um alerta a autoridades públicas e formadores de opinião que incitam o ódio, o preconceito e crimes, como esse do estupro. No caso analisado, ele disse que a deputada Maria do Rosário, do PT gaúcho, não merecia ser estuprada. Ora, nenhuma mulher merece. Dizer que há mulheres que merecem o estupro é incitar esse tipo de crime", acrescenta. "Bolsonaro inspira a violência no debate público".

Leia na íntegra o comentário de Kennedy Alencar. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247