Kotscho questiona quem vai liderar os protestos de domingo

Colunista Ricardo Kotscho ressalta a divisão do PSDB e sinaliza que protestos do dia 16 perderam rumo: “como cresceu nos últimos dias a movimentação de vários setores da vida nacional em defesa da legalidade e da democracia, o objetivo principal dos novos protestos agora se limita a tentar influenciar as decisões dos tribunais (TCU e TSE), que julgarão as contas da campanha e do governo da presidente Dilma Rousseff, e pressionar os congressistas a abrir um _ agora cada vez mais improvável _ processo de impeachment”

Colunista Ricardo Kotscho ressalta a divisão do PSDB e sinaliza que protestos do dia 16 perderam rumo: “como cresceu nos últimos dias a movimentação de vários setores da vida nacional em defesa da legalidade e da democracia, o objetivo principal dos novos protestos agora se limita a tentar influenciar as decisões dos tribunais (TCU e TSE), que julgarão as contas da campanha e do governo da presidente Dilma Rousseff, e pressionar os congressistas a abrir um _ agora cada vez mais improvável _ processo de impeachment”
Colunista Ricardo Kotscho ressalta a divisão do PSDB e sinaliza que protestos do dia 16 perderam rumo: “como cresceu nos últimos dias a movimentação de vários setores da vida nacional em defesa da legalidade e da democracia, o objetivo principal dos novos protestos agora se limita a tentar influenciar as decisões dos tribunais (TCU e TSE), que julgarão as contas da campanha e do governo da presidente Dilma Rousseff, e pressionar os congressistas a abrir um _ agora cada vez mais improvável _ processo de impeachment” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O colunista Ricardo Kotscho vê se desmanchar a grande mobilização do PSDB pelas manifestações de domingo contra o governo. Ele ressalta que Aécio Neves continua indeciso com seu habitual vai-não-vai e questiona: quem vai liderar o movimento, fora “o enorme elenco de lideranças de ocasião, sem história e sem futuro, cujos nomes já nem me lembro”.

“Até este momento, manhã de quarta-feira, ao contrário do que vimos nos dias que antecederam os protestos de março e abril, um estranho silêncio cerca os protestos de domingo fora da grande rede da web”, ressalta.

Segundo ele, como cresceu nos últimos dias a movimentação de vários setores da vida nacional em defesa da legalidade e da democracia, o objetivo principal dos novos protestos agora se limita a tentar influenciar as decisões dos tribunais (TCU e TSE), que julgarão as contas da campanha e do governo da presidente Dilma Rousseff, e pressionar os congressistas a abrir um _ agora cada vez mais improvável _ processo de impeachment (leia mais).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email