Lula cresce em pesquisas de “esquerda” e “direita” após condenação

É claro que os adversários de Lula dirão que a pesquisa CUT/Vox Populi é tendenciosa – isenta são as pesquisas ligadas à mídia antipetista, para essas pessoas. Mas, seja como for, qualquer pesquisa, seja ligada aos grandes grupos de mídia ou a pesquisa associada à esquerda (Vox Populi) mostram a preponderância de Lula", destaca o blogueiro Eduardo Guimarães, citando diversos dados

11/01/2017- Salvador- BA, Brasil- Lula participa do 29 Encontro Estadual do MST da Bahia. Foto: Felipe Araujo
11/01/2017- Salvador- BA, Brasil- Lula participa do 29 Encontro Estadual do MST da Bahia. Foto: Felipe Araujo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em post no Blog da Cidadania, Eduardo Guimarães observa que o ex-presidente Lula cresce em pesquisas tanto de “esquerda” quanto de “direita” após sua condenação pelo juiz Sergio Moro no caso do triplex.

"É claro que os adversários de Lula dirão que a pesquisa CUT/Vox Populi é tendenciosa – isenta são as pesquisas ligadas à mídia antipetista, para essas pessoas. Mas, seja como for, qualquer pesquisa, seja ligada aos grandes grupos de mídia ou a pesquisa associada à esquerda (Vox Populi) mostram a preponderância de Lula", destaca Guimarães.

"A conclusão a que se chega é a de que a esquerda deve chegar forte à eleição de 2018. E que Lula, se não puder ser candidato, será um fortíssimo cabo eleitoral. Até porque o juiz Sergio Moro, ao não conseguir provar a culpa do inimigo, sugeriu aos brasileiros que Lula é vítima de um complô da elite carnívora que infesta o Brasil", diz ele.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email