Lula destaca papel da mídia tradicional no golpe: 'grande fábrica de fake news'

“Não tem ninguém aqui da Globo, SBT, Record, mas foram convidados. Essa gente fica nervosíssima quando se fala em democratização da imprensa, regulamentação da imprensa, como se fosse anormal querer democratizar”, disse o ex-presidente

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução | Mateus Dantas/Facebook PT)


Fórum - Durante ato que lembrou os cinco anos do golpe que decretou o impeachment de Dilma Rousseff, nesta terça-feira (31), no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SP), o ex-presidente Lula adotou uma postura crítica em relação aos veículos de comunicação tradicionais. Ele começou destacando a ausência da grande imprensa no evento.

“Não tem ninguém aqui da Globo, SBT, Record, mas foram convidados. Essa gente, que não vem quando é convidada, fica nervosíssima quando se fala em liberdade de imprensa, democratização da imprensa, regulamentação da imprensa, como se fosse anormal querer democratizar”, afirmou o ex-presidente.

“A imprensa tem sempre razão”, ironizou. “Você não pode bater nela, porque senão os donos vão ficar zangados. O único controle que eles admitem é o controle remoto. O que foi o impeachment de 2016 senão a perpetuação de um comportamento favorável ao golpe?”, ressaltou Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-presidente lembrou as torturas sofridas por Dilma e voltou a enfatizar o quanto ambos foram alvos de um tratamento “indigno” que receberam da “Rede Globo, IstoÉ, Folha, Estadão,  entre outros”, veículos classificadas por ele como “grande fábrica de fake news”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email