Lula: Globo grava, mas não exibe campanha de Haddad

"O @jornalnacional tem se negado a cobrir a campanha de Lula sob o argumento de que ele está preso. Mas a campanha está sendo feita pelo vice @Haddad_Fernando e milhões de brasileiros. Apesar da Globo estar gravando, eles não estão levando ao ar. #MostraOLulaJN", postou no Twitter a equipe de Lula, mostrando a foto dos microfones da Globo e da Rádio CBN, que pertence ao mesmo grupo; nesta terça, Fernando Haddad passou pela Bahia, mas não ganhou nenhum segundo nos telejornais da emissora

Lula: Globo grava, mas não exibe campanha de Haddad
Lula: Globo grava, mas não exibe campanha de Haddad

247 - A TV Globo, que já excluiu Fernando Haddad das rodadas de entrevistas de 25 minutos com candidatos a presidente no Jornal Nacional, também não mostra os eventos que o porta-voz de Lula participa ao longo de sua campanha, como faz com os demais presidenciáveis.

Nesta quarta-feira 22, a equipe de Lula divulgou uma foto que mostra que a Globo e a Rádio CBN, que pertence ao mesmo grupo, gravaram um evento com Haddad em Aracaju, Sergipe, não exibido, porém, nos telejornais da emissora.

"O @jornalnacional tem se negado a cobrir a campanha de Lula sob o argumento de que ele está preso. Mas a campanha está sendo feita pelo vice @Haddad_Fernando e milhões de brasileiros. Apesar da Globo estar gravando, eles não estão levando ao ar. #MostraOLulaJN", postou no Twitter a equipe de Lula, com a foto dos microfones da TV Sergipe, afiliada da Globo no Estado, e da CBN.

Antes, a Globonews também já havia excluído o PT da rodada de entrevistas com candidatos à presidência da República. Haddad é porta-voz de Lula, que está preso politicamente desde 7 de abril, e candidato a vice na chapa do PT.

Lula lidera todas as pesquisas de intenção de voto. De acordo com os levantamentos de Ibope e MDA, o ex-presidente aparece com 37% da preferência do eleitorado, enquanto Jair Bolsonaro tem 18%. No Datafolha divulgado nesta sexta, Lula aparece com 39% e indica que o petista pode levar a eleição no primeiro turno. Se barrarem a candidatura de Lula, Haddad pode ter de 31% a 49%, aponta ainda a pesquisa.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247