Lulu Santos celebra boa recepção de seu relacionamento homoafetivo

O cantor e compositor Lulu Santos celebrou a receptividade da notícia sobre seu relacionamento homoafetivo com o baiano Clebson Teixeira; em dois dias, o cantor viu o número de seus seguidores aumentar em mais de 120 mil e foi alvo do que chamou de uma "enxurrada de carinho"

Lulu Santos celebra boa recepção de seu relacionamento homoafetivo
Lulu Santos celebra boa recepção de seu relacionamento homoafetivo

247 - O cantor e compositor Lulu Santos celebrou a receptividade da notícia sobre seu relacionamento homoafetivo com o baiano Clebson Teixeira. Em dois dias, o cantor viu o número de seus seguidores aumentar em mais de 120 mil e foi alvo do que chamou de uma "enxurrada de carinho". 

"Lulu também recorreu à imagem de montanha-russa para falar da paixão na qual está mergulhado há quatro meses, desde quando começou a namorar o analista de sistemas de 26 anos — 39 anos mais jovem do que o cantor. Tomado pela "lente do amor", ele conta nesta entrevista exclusiva (a primeira após a divulgação do post) que irá lançar um EP até o fim do ano com canções dedicadas à relação, como "Orgulho e preconceito", que ele mostra dia 8 de agosto em sua apresentação no "The voice". Abaixo, ele fala do disco, da sofisticação do povo brasileiro comparada à "grosseria institucional" do país e sobre a lógica perversa e democrática das redes sociais.

A coisa toda partiu de um movimento emocional de um para com o outro, um gesto de amor sobretudo, não exatamente de ativismo. Mas, como disse no post de agradecimento ("Clebson e eu estamos encantados com todo amor e todo carinho e a gente deseja de todo coração que esse amor reflua a todos vocês"), a forma como as pessoas reagiram foi incrível. Meu Instagram ganhou mais de 120 mil seguidores. O dele, que tinha 5 mil, aumentou em seis vezes. Isso significa aceitação, isso é uma sofisticação do povo de privilegiar a honestidade. É uma aposta no que seja honesto. A sociedade tá de saco cheio do nível de desonestidade oficial que existe em quase tudo, na política, sempre seguido daquela cara do William Bonner dizendo que o fulano nega, que o partido nega. Esse número de seguidores que ganhamos vejo como adesão por privilegiarmos a honestidade e celebrarmos o evidente afeto."

Leia mais aqui

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247