Mais um agressor: Villa também ataca Tais Araújo

Depois dos comentários desastrosos do secretário do Rio Cesar Benjamin, e do deboche do presidente da EBC, Laerte Rimoli, Marco Antonio Villa entrou na onda racista contra a atriz Taís Araújo na internet: "Eu vi, recentemente, uma atriz, aí, dizendo assim: 'Quando eu caminho com meu filho, alguém vem, me vê com meu filho, atravessa a rua, vai pra outra calçada'. Ah, que que é isso? Ela tá imaginando que o Brasil é a África do Sul, é o Apartheid? Que isso? E uma atriz da classe dominante, que ganha 'milhões'? Haja picaretagem!"

Depois dos comentários desastrosos do secretário do Rio Cesar Benjamin, e do deboche do presidente da EBC, Laerte Rimoli, Marco Antonio Villa entrou na onda racista contra a atriz Taís Araújo na internet: "Eu vi, recentemente, uma atriz, aí, dizendo assim: 'Quando eu caminho com meu filho, alguém vem, me vê com meu filho, atravessa a rua, vai pra outra calçada'. Ah, que que é isso? Ela tá imaginando que o Brasil é a África do Sul, é o Apartheid? Que isso? E uma atriz da classe dominante, que ganha 'milhões'? Haja picaretagem!"
Depois dos comentários desastrosos do secretário do Rio Cesar Benjamin, e do deboche do presidente da EBC, Laerte Rimoli, Marco Antonio Villa entrou na onda racista contra a atriz Taís Araújo na internet: "Eu vi, recentemente, uma atriz, aí, dizendo assim: 'Quando eu caminho com meu filho, alguém vem, me vê com meu filho, atravessa a rua, vai pra outra calçada'. Ah, que que é isso? Ela tá imaginando que o Brasil é a África do Sul, é o Apartheid? Que isso? E uma atriz da classe dominante, que ganha 'milhões'? Haja picaretagem!" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania - Após os comentários desastrosos do presidente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Laerte Rimoli, sobre a atriz Taís Araújo, uma horda racista se levantou contra ela na internet. Esse tipo de ataque é estimulado por comentários como o que foi feito na quarta-feira 22 na Jovem Pan pelo comentarista Marco Antonio Villa.

Villa se referiu a comentário feito pela atriz no TEDxSão Paulo em agosto, no qual ela disse, em síntese, que, se o seu filho pequeno estiver saindo de um jogo de futebol todo sujo, sem camisa, e estiver em uma calçada de um bairro daqueles em que quase todo mundo é branco, as pessoas iriam atravessar para a outra calçada confundindo o garoto com um infrator.

"Eu vi, recentemente, uma atriz, aí, dizendo assim: 'Quando eu caminho com meu filho, alguém vem, me vê com meu filho, atravessa a rua, vai pra outra calçada'. Ah, que que é isso? Ela tá imaginando que o Brasil é a África do Sul, é o Apartheid? Que isso? E uma atriz da classe dominante, que ganha 'milhões'? Haja picaretagem!", comentou Villa.

Leia aqui a íntegra.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247