Manchete do Estado é vergonha que afronta o jornalismo

O jornal O Estado de S. Paulo estampa hoje em sua manchete uma das fakenews mais escandalosas da história; além de não se apegar à realidade factual da decisões judiciais internacionais, ele distorce os fatos e volta a praticar o esporte preferido da imprensa hegemônica brasileira: criminalizar o PT; da manchete falsa e mentirosa "Após decisão do TSE, PT afronta o judiciário e insiste em Lula", a correção técnica e obrigatória seria "Após decisão da ONU, TSE afronta tratados internacionais e barra Lula"

Manchete do Estado é vergonha que afronta o jornalismo
Manchete do Estado é vergonha que afronta o jornalismo

247 - O jornal O Estado de S. Paulo estampa hoje em sua manchete uma das fakenews mais escandalosas da história. Além de não se apegar à realidade factual da decisões judiciais internacionais, ele distorce os fatos e volta a praticar o esporte preferido da imprensa hegemônica brasileira: criminalizar o PT. Da manchete falsa e mentirosa "Após decisão do TSE, PT afronta o judiciário e insiste em Lula", a correção técnica e obrigatória seria "Após decisão da ONU, TSE afronta tratados internacionais e barra Lula".

A matéria do jornal supracitado expõe manifesta canalhice a serviço do golpe, do status quo catastrófico subscrito nas ações discricionárias do poder judiciário mais impopular do mundo e da elite empresarial má perdedora, que, como de costume, entra em pânico ao menor sinal de vitória da esquerda e dos segmentos democráticos da sociedade.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247